Chamar-te-ão reparador de brechas ( parte III )


Chamar-te-ão reparador de brechas ( parte III )

 

Quando perguntei  na parte dois destes artigo, se você tem o” Reparador de brechas” em você, quis trazer  não só a você mas a mim também o meditar de como temos agido diante das necessidades do nosso próximo. Temos tratado as questões deles como um repórter que após conhecer o caso sai divulgando o problema para todos que não tem nada que ver com o problema alheio ? ou temos agido como um Reparador de brechas?

A continuação do  verso 7 do capítulo 58 de Isaías, trata disto: ” …e recolhas em casa os pobres desterrados? E vendo o nu , o cubras , e não te escondas do teu próximo? ”  Quero dizer sem hipocrisias que todos nós em algum tempo de nossas vidas, já tratamos do nosso próximo daquela forma como diz uma certa frase:” ver o circo pegar fogo nunca foi atração de circo, mas que é um belo espetáculo isto é ” o que quero dizer é que muitas vezes ao invés de cobrimos o nosso irmão, muitas vezes o deixamos exposto para que todos vejam sua nudez. Porque ele estava nu? não foi porque em algum tempo deixou criar uma brecha para que o inimigo de sua alma entrasse e lhe provocasse todo aquele estrago que agora passa?  Por certo que sim. E eu e você porque não reparamos a brecha, cobrindo a “nudez” dele? Talvez até nem tivéssemos ainda um temor ou até mesmo realidade do que é a vontade de Deus. Mas hoje por ocasião de estar lendo este artigo,  o Senhor começa a revelar nossos erros, tratando inicialmente conosco e depois poderá nos usar para  sermos um ” reparador de brechas, e não mais seremos vistos como parte de um ” respeitável público” ( como dizem os apresentadores circo) que só está ali para assistir o circo pegar fogo.

 

Neste mesmo verso ainda a palavra diz :” e recolhas em casa os pobres desterrados?” Casa somos nós mesmos, e recolhê-los em nós significa dar do Cristo que temos em nosso coração, como alimento, proteção, e filiação, fazendo-o sentir-se parte desta grande família a que pertencemos em Cristo.

 

O verso 8 e o 9 são promessas para os que agirem conforme a orientação do Senhor, no final do verso 9 há um porém :” … Se tirares do meio de ti o jugo, o estender do dedo, e o falar iniquamente.”  Este jugo  nada mais é do que os preconceitos que aprendemos com nossos pais e os que adquirimos com a sociedade na qual vivemos. Observe a frase que se segue: “… o estender do dedo e o falar iniquamente”. Só estendemos o dedo quando acusamos ou advertimos alguém segundo os nossos conceitos de certo ou errado, e isto , bem sabemos que se trata da famosa Árvore do Conhecimento do bem e do mal, querendo mais uma vez ganhar notoriedade entre os que se chamam pelo nome do Senhor. Amado irmão em Cristo, esta palavra não é para o ímpio, mas para os que já estão em Cristo e novas criaturas são. Ainda temos um “falar iníquo”, que precisa ser conhecido e reconhecido por quem dele faz uso. Mas o que é “falar iniquamente”? Vamos analisar o que é isto.

 

Falar iniquamente é falar de uma forma que não se reconhece o direito do próximo. O caráter de quem é iníquo compreende essa particularidade, a pessoa que tem este caráter age, pensa, e fala não reconhecendo o direito daquele a quem se refere, isto é a iniqüidade.

 

No verso 10 continua a condição para que as bênçãos do Senhor fluam sobre o seu servo: “ e se abrires a tua alma ao faminto, e fartares a alma aflita…” Abrir a tua alma ao aflito é o falar de Cristo de forma aberta e abundante, desta forma também sacia o aflito e as bênçãos do Senhor seguem fluindo sobre o reparador de brechas. Agora leia o restante do verso 10 até terminar o verso 12. Estas são as bênçãos e o reconhecimento do Senhor aos seus servos.

 

Seja a partir de hoje não só um reparador de brechas, mas também um restaurador de veredas com moradias.

 

 

Anúncios

6 Respostas

  1. Sempre achei mt profunda essa palavra de Isaìas, realmente é tremenda. E entendemos a partir dele, pq mts vezes nao ha cura nas nossas vidas, pq a glòria do Senhor nao é nossa retaguarda, pq ha mts que dormem.. pq o estender o dedo, o julgamento (palavra q compartilhamos no culto de 3 pessoas aqui ontem) impede que Deus de o crescimento. Vou compartilhar com o Dani sobre isso.
    DTA irmao!

  2. Muito Bom.

    Se Possível mim add no seu blog. Nos links e eu te adicionarei.

    Até mais

  3. engraçado quando eu leio esse texto ,as teses abordas, os assuntos bem coerente e explicito, …. lembro de um irmão que chegou em mim, poucos dias, na igreja onde sou pastor me dizendo que nós como cristão não poderíamos mostras o dedo polegar(joia) que era pecado e tinha, encontrato na biblia fiquei pasmo e preocupado, poucos dias depois me trouxe um papel onde ele tinha encontrado em isaias 58 v 09 entao fui conferir , levei até um susto, como ele conseguiu interpretar de uma maneira bem fora do assunto,….no explareci ainda mais vou chamar e exclarece-lo o significado certo pra ele….um abraço…..

  4. hoje pela manhã pedia oa SEnhor uma resposta para determinada sitiação, e foi exatamente este o texto que o Senhor me DEus e atravez de algumas palavras tive a curiosidade então de saber o seu sgnificado foi então que cheguei a vocês ,gloria DEus por isso entendi exatamente como DEus quer que eu viva ,Deus continue abençoando os irmãos!

  5. Oi,Rejane!É incrível pois aconteceu o mesmo comigo.Deus é grande e fala mesmo conosco através da palavra e de pessoas.

  6. O mesmo aconteceu comigo! A Palavra foi a resposta de Deus.. e esse artigo me ajudou em muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: